Acervo

Esta é a biblioteca da coleção Indicadores da Qualidade na Educação, espaço dedicado à sistematização e disponibilização de produções acadêmicas relacionadas diretamente com as metodologias de autoavaliação participativa de instituições educacionais que compõem a coleção. Sua proposta é concentrar referências teórico-metodológicas sobre o tema para um maior aprofundamento dos debates sobre avaliação educacional. Aqui, você encontra artigos publicados em periódicos acadêmicos, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), teses e dissertações defendidas em programas de pós-graduação (stricto e lato sensu). A biblioteca é periodicamente alimentada pela equipe da Ação Educativa a partir de indicação de referências dos próprios autores e autoras, além do acompanhamento sistemáticos dos principais meios de divulgação acadêmico e científico do país. Caso você queira enviar sua contribuição, mande um e-mail para indicadores@acaoeducativa.org.

Multimídia

Por que o racismo é um obstáculo à garantia do direito à educação?

Em entrevista, Denise Carreira, coordenadora da área de educação da AE, comenta os principais temas relacionados à questão racial na escola. Confira!

Educação Especial Inclusiva

A mestre em psicologia e educação, Liliane Garcez, traz ao debate os desafios da construção de um sistema educacional inclusivo. Liliane defende que as ações voltadas para o acesso, permanência e sucesso escolar das crianças, jovens e adultos com deficiência devem ser organizadas para garantir o direito de tod@s à educação.

Desigualdades e Direito à Educação

Ao iniciar a reflexão sobre o direito humano à educação, a mestre em sociologia e educadora feminista, Taciana Gouveia traça um paralelo entre a questão da desigualdade e sua relação com os direitos fundamentais, com atenção especial à educação.

INDIQUES e a experiência do município de Bebedouro

A coordenadora do programa Indicadores da Qualidade na Educação, Claudia Bandeira, fala sobre a qualidade da educação como um direito e compartilha a experiência do município de Bebedouro.

Qualidade da Educação

“A escola não faz com que as crianças mais pobres consigam ascender a nível socioeconômico melhor e, desde o período escolar, os filhos dos trabalhadores se encaminham para posições próximas às de seus pais”, diz a professora doutora em educação, Vanda Mendes Ribeiro ao se fundamentar no relatório Coleman, realizado nos Estados Unidos na década de 1960, e nos estudos dos sociólogos Pierre Bordieu e Jean Claude Passeron, também neste período.

Metodologia INDIQUEs

Em entrevista com Vera Masagão, coordenadora executiva da Ação Educativa, você vai saber como os Indicadores foram elaborados e quais os princípios que os orientam, como gestão democrática, cidadania participativa e avaliação qualitativa.

Metodologia INDIQUEs II

A mestre em educação, Joana de Gusmão, conta o que observou nas escolas em que o INDIQUE foi aplicado: as dúvidas, as dificuldades, a participação das pessoas e as possibilidades de uso do Caderno Indique.

Metodologia INDIQUEs III

As Redes de Ensino que desejam aplicar o Indique vão encontrar nesta entrevista dicas importantes, além de relatos de aplicação dessa metodologia de avaliação em Redes públicas de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Fala-se aqui, também, sobre a possibilidade do uso dos Indicadores por instituições que atuam na Educação com trabalhos voluntários.

 

Teses e dissertações


Uma Leitura dos Usos dos Indicadores da Qualidade na Educação


O texto analisa os dados obtidos por estudo sobre o uso dos Indicadores da Qualidade na Educação − Indique −, instrumento participativo de autoavaliação voltado para escolas. O estudo teve como objetivo buscar informações sobre as formas de utilização do material, seus limites e resultados, e consistiu na realização de entrevistas em grupos focais com técnicos de Secretarias de Educação, diretores, professores, funcionários, alunos e familiares..::Clique aqui para acessar o artigo::.

Uma análise de problemas detectados e soluções propostas por comunidades escolares com base no Indique

O artigo sistematiza e analisa problemas detectados e soluções propostas por escolas com base no uso dos Indicadores da Qualidade na Educação, instrumento participativo de avaliação e planejamento. Foram analisados 103 planos de ação de unidades escolares de quatro estados brasileiros. Como conclusão, afirma-se que comunidades escolares têm conhecimentos a serem mobilizados para a solução de parte de seus problemas e que há questões para as quais há menos conhecimento consolidado sobre as melhores formas de solucioná-las, como as que dizem respeito à participação dos pais na vida escolar dos seus lhos e das formas mais adequadas de melhorar a aprendizagem..::Clique aqui para acessar o artigo::.

Análise de uma proposta de avaliação institucional para a escola e para instituições de Educação Infantil

Este artigo analisa uma metodologia de autoavaliação institucional para escolas e instituições de Educação Infantil presente em dois instrumentos: Indicadores da Qualidade na Educação e Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, cujo uso tem sido recomendado pelo Ministério da Educação. A análise será feita à luz de critérios internacionais próprios para submeter avaliações à crítica (utilidade, factibilidade, precisão e propriedade) e também considerando desafios que especialistas têm colocado para o campo da avaliação (envolvimento dos stakeholders – partes interessadas na avaliação; melhoria da vida das pessoas e das instituições; legitimidade frente aos responsáveis pelas decisões; compartilhamento de percepções). Conclui-se que os materiais mencionados têm potencial para responder à maior parte desses critérios e desafios, sendo que estudos sobre sua operacionalização em diferentes contextos são importantes para reforçar, contrariar ou trazer novas evidências.
.::Clique aqui para acessar o artigo::.

A Qualidade na Educação Infantil: uma experiência de autoavaliação em creches da cidade de São Paulo

A dissertação descreve e analisa uma experiência de autoavaliação em quatro creches conveniadas do município de São Paulo, realizada com a aplicação da metodologia e do roteiro de questões propostos no documento Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, publicado pelo Ministério da Educação em 2009. O estudo procura compreender de que forma os diferentes segmentos presentes na creche – direção, coordenação pedagógica, professores, funcionários e pais – participam e contribuem para o processo de construção da qualidade por meio da autoavaliação..::Clique aqui para acessar a dissertação::.