Autoavaliação participativa é um dos passos para garantir o monitoramento dos planos de educação

Vídeo lançado pela iniciativa De Olho nos Planos dá dicas de como garantir a participação social nesse processo – entre elas, a promoção da avaliação institucional participativa das escolas

 

video_monitoramento_participativo_yotuube

Clique na imagem para ver o vídeo

Para além de aprimorar o projeto político-pedagógico da unidade escolar e fortalecer a gestão democrática, a autoavaliação participativa também pode fazer parte do monitoramento participativo dos Planos de Educação. É isso o que defende a Iniciativa De Olho nos Planos, em seu novo vídeo “Monitoramento participativo dos planos de educação – Em defesa de planos de estado e da gestão democrática em educação”, lançado no mês passado.

A animação, com cerca de seis minutos, conta a importância de defendermos o Plano Nacional de Educação (PNE – Lei no 13.005/2014) e os planos municipais e estaduais e traz sete passos sobre como realizar, de forma efetiva, esse processo de monitoramento participativo – como divulgar o plano, construir formas de colaboração e promover a autoavaliação participativa pelas unidades educacionais.

A autoavaliação institucional é importante porque provoca discussões envolvendo toda comunidade escolar (estudantes, gestores(as), professores(as), familiares, funcionários(as), integrantes da comunidade etc) sobre questões fundamentais relacionadas à qualidade na educação, como infraestrutura, valorização dos(as) profissionais de educação, acesso e permanência dos(as) estudantes, currículos e práticas pedagógicas, discriminação e preconceito etc. Desse processo, resultam informações diagnósticas e planos de ação escolar, que serão discutidos nos conselhos escolares.

Além disso, a autoavaliação participativa também gera propostas para as políticas públicas, que podem ser avaliadas e incluídas nos debates e documentos dos fóruns de educação e das Conferências de Educação, como parte do monitoramento dos planos de educação.

O vídeo foi baseado no folheto “Monitoramento Participativo – fortalecendo a gestão democrática em prol da concretização dos Planos de Educação”, que tem como objetivo subsidiar fóruns e conselhos de educação, secretarias, escolas, organizações da sociedade civil, movimentos sociais e coletivos em geral nessa discussão. O material está disponível para download gratuito no site da Iniciativa.

O vídeo também está disponível com legendas descritivas e em libras no canal do Youtube do De Olho nos Planos. Atualmente, 5554 municípios (99,7%) e 25 estados brasileiros têm planos de educação sancionados.

Veja mais materiais sobre o monitoramento participativo no portal De Olho nos Planos: http://www.deolhonosplanos.org.br/monitoramento-participativo/

Deixe um comentário