Entenda o novo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica e a avaliação institucional que o compõe

Série de vídeos com especialistas explica o Sinaeb e como a autoavaliação das escolas é importante para a melhora da qualidade do ensino

sinaeb_avaliacao_institucional

Na sexta-feira (06/05), o ministro da Educação Aloizio Mercadante assinou a Portaria nº 369, de 5 de maio de 2016, que cria o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Sinaeb). O Sinaeb está previsto no artigo 11 do Plano Nacional de Educação (PNE), e tem o objetivo de avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação básica brasileira.

Para isso, o Sinaeb deve ser constituído das avaliações externas de sistemas já existentes no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) – caso do Ideb -, e de avaliações institucionais que vão avaliar a educação em outras dimensões.

“Garantir a avaliação institucional no Sinaeb é importante porque ela provoca discussões de temas fundamentais relacionados ao debate sobre qualidade na educação, como valorização das/os profissionais da educação, acesso e permanência dos(as) estudantes na escola, relações raciais e de gênero, gestão democrática e a infraestrutura das unidades”, diz Claudia Bandeira, assessora da Ação Educativa.

Mas o que está em jogo no processo de construção desse Sistema para a garantia da qualidade na educação? Para entender essa questão, nada melhor do que… um vídeo explicativo! É esse o tema do primeiro vídeo de uma série de entrevistas e explanações coletadas no Seminário de Avaliação Institucional no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica.

O evento, realizado em novembro de 2015 na Ação Educativa, teve como objetivo aprofundar o debate sobre a avaliação institucional considerando o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Sinaeb) previsto no Plano Nacional de Educação (PNE), e abordar mecanismos para realizar essa avaliação – como os Indicadores da Qualidade na Educação. A avaliação institucional abrange também as autoavaliações das escolas, feitas de forma efetivamente participativa.

“Na abordagem da autoavaliação institucional participativa, o protagonismo está nas mãos dos atores da escola: professores/as, equipes de gestão, estudantes, familiares, funcionários etc. A estes competem a produção das informações, suas explicações e análises, e a formulação de projetos de qualidade negociada a partir de suas próprias referências, visando a melhoria da qualidade da escola”, explica Claudia.

A perspectiva é que as autoavaliações institucionais utilizadas por redes contribuam tanto para os Projetos Políticos Pedagógicos das escolas, como para as políticas educacionais.

Conheça todos os vídeos e entrevistas

A série traz as principais falas dos participantes sobre o tema, divididas em cinco vídeos. Entre os especialistas participantes, estão Antônio Carlos Ronca (Conselho Nacional de Educação), Adolfo Samuel de Oliveira (Inep), Elba de Sá Barretto (Fundação Carlos Chagas), Daniel Cara (Campanha Nacional pelo Direito à Educação), Sandra Zákia (USP), Mara de Sordi (UNICAMP) e Denise Carreira (Ação Educativa).

Veja abaixo todos os vídeos da série publicados ou assista toda a playlist aqui.

SINAEB: O que está em jogo na Avaliação da Educação Básica? (01/05) – https://youtu.be/VqcyjT7r9kI

Avaliação Institucional no SINAEB (02/05) – https://youtu.be/-yYN8WB-mnU

Por que a Avaliação Institucional é importante? (03/05) – https://youtu.be/1K-lN-rWR0Y

Desafios para a Avaliação institucional e condições para a participação (04/05) – https://youtu.be/VmRtT6N_NKo

Recomendações para a política de Avaliação Institucional e o papel do INEP (05/05) – https://youtu.be/pooEmm-7Xlc

Entrevistas:

Por que a Avaliação Institucional é importante pra educação brasileira (01/08) – https://goo.gl/2ptfgx

Qual o peso da Avaliação Institucional no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (02/08) – http://bit.ly/1rzBF5T

Aderindo à avaliação institucional (03/08) – https://goo.gl/5a0Cic

Como deve ser pensada a avaliação institucional no Sinaeb? (04/08) – https://goo.gl/gXTKA9 

Por que a avaliação institucional deve ser feita de forma participativa? (05/08) – https://goo.gl/flZwUw 

O que devemos levar em conta em uma avaliação institucional? (06/08) – https://youtu.be/N-1Lz-_VUTw

Quais as contribuições das avaliações institucionais para a qualidade do ensino? (07/08) – https://youtu.be/lJwfyIym3w4

Como os Indiques contribuem com a política de avaliação educacional? (08/08) – https://youtu.be/yKzIkC331gM

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário